Sobre realizar

O quanto a gente pode realizar, experienciar e evoluir em uma semana? Tudo depende da nossa disposição. A gente pode tudo! Mas a gente tem que querer. Eu não sei o que seria de mim sem minha proatividade e planejamento. E isso é uma coisa que se adquire, que é possível buscar. Muita gente me…

Ler mais

Um tutu é um sonho encantado tornado real

Um tutu é um sonho em forma de figurino. Para o ballet, é um símbolo sagrado, amado, com poderes mágicos. Toda bailarina lembra do dia em que vestiu seu primeiro tutu, principalmente o bandeja – o mais representativo, o mais cobiçado. Vestir um tutu é um ritual, um rito de passagem. Para a bailarina adulta,…

Ler mais

Sobre espelhos e movimento

Uma foto com espelho para refletir sobre a nossa relação com essa peça. Nas salas de aula pré-quarentena eles eram enormes e refletiam nossa dança e algumas inseguranças. Em casa, eles são menores mas parecem nos encarar ainda mais, não é mesmo? De repente, não fazer um passo direito já não é tão fundamental quanto…

Ler mais

Quando meias e sapatilhas são extensões do figurino

No último feriado de Páscoa fiquei em casa, seguindo a quarentena, e aproveitei para assistir a diversos ballets. O Bolshoi havia acabado de disponibilizar O Quebra-Nozes em seu canal do YouTube e, apesar de não ser minha versão favorita, decidi assistir. Eu havia esquecido que o Bolshoi apresenta a cena do Reino dos Doces de…

Ler mais